Publicação mensal com as mais recentes descobertas e pesquisas no campo da medicina cardiovascular.
Espaço dedicado ao envio online de artigos para a ABC.
Espaço dedicado à revisão online de artigos da ABC.
Informativo bimestral para divulgação de novidades e serviços da SBC.
Normatizações e diretrizes adotadas pela comunidade médico-científica.
Download de normatizações e diretrizes para Palmtop.
Estudos de âmbito e interesse internacional.
Relação de temas livres aprovados em congressos.
Teses de mestrado, doutorado e livre docência.
Acesso às revistas das Sociedades Estaduais e Departamentos.

História da Cardiologia

Cem Anos da História da Cardiologia no Brasil

 

No início do século havia, em Medicina, somente quatro áreas básicas: Clínica, Obstetrícia, Cirurgia e Pediatria. Na década de 20, a Cardiologia, em virtude do seu desenvolvimento e complexidade crescente, separou-se, em definitivo, da Clínica Médica, passando a constituir especialidade autônoma e bem definida.

Antes disso, porém, obras pioneiras já haviam surgido, inclusive no Brasil. A primeira foi Moléstias do Coração e dos Grandes Vasos Arteriais, de Martins Costa e Carlos Alvarenga, publicada em 1898, seguida de Noções Fundamentais de Cardiologia, de Osvaldo de Oliveira. Começava a germinar, no Brasil, um crescente interesse pelas doenças do coração.

Em 1909, Carlos Chagas e seus colaboradores, entre eles Gaspar Vianna, Eurico Villela, Margarino Torres, diagnosticaram a cardiopatia chagásica, primeiro grande estudo científico de uma doença cardíaca no Brasil, ímpar e magnífica contribuição para a Cardiologia mundial.

E logo começaram a chegar os primeiros eletrocardiógrafos, entre os quais o que Carlos Chagas trouxe para Manguinhos.

Em 1933, houve a primeira tentativa de criação de uma "Sociedade Brasileira de Cardiologia e Hematologia", na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, sob a direção de Carlos Cruz Lima. Uma pena! Essa iniciativa não prosperou. Enquanto isso, em São Paulo, no Hospital Municipal, Dante Pazzanese ministrava seu curso anual de eletrocardiografia, seguido da criação de um serviço no qual, em 1942, o Dr. Frank Norman Wilson, fundador e diretor da "Heart Station", do Hospital da Universidade de Michigan, veio dar um curso de eletrocardiografia, assistido por grandes nomes da medicina nacional interessados nos problemas cardíacos, como Magalhães Gomes e Antônio Villela, do Rio de Janeiro; Jairo Ramos, Barbosa Correia e Celestino Bourroul, de São Paulo.

Finalmente, em 1943, os alunos do 3.º Curso do Serviço de Cardiologia do Hospital Municipal de São Paulo, liderados por Dante Pazzanese (Fig. 1), fundaram a "Sociedade Brasileira de Cardiologia", a 5.ª Sociedade Nacional no Continente Americano e a 13.ª no mundo, que, desde, então, congregou e conduziu os cardiologistas do Brasil. A ela aderiram, como sócios fundadores, Aben Athar Filho, do Pará; Newton de Souza, Arnaldo Marques e Ovídio Montenegro, de Pernambuco; Adriano Pondé, da Bahia; Calil Porto e Caio Benjamin Dias, de Minas Gerais; Weber Pimenta Bueno, Waldemar Deccache, Luiz Feijó, Agenor Porto, Oscar Ferreira Júnior, Genival Londres, Roberto Menezes de Oliveira e Vieira Romeiro, do Rio de Janeiro; Mendonça de Barros, Luiz Décourt e Bernardino Tranchesi, de São Paulo; Anchises de Faria, do Paraná; Djalma Moellmann, de Santa Catarina; e Aldo Chaves, Henrique Faillace, Rubens Maciel e Mário Salis, do Rio Grande do Sul.

 

foto1.jpg (33240 bytes)

Alunos do 3.º Curso do Serviço de Cardiologia do Hospital Municipal de São Paulo, março de 1943, vendo-se o Dr. Dante Pazzanese na primeira fila, de paletó claro. No final deste curso foi decidida a fundação da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), consumada no dia 14/08/1943. A fundação da SBC representou um verdadeiro divisor de águas da Cardiologia no Brasil.

 

Rafael Leite Luna
Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia
1997-1999

Trechos da Apresentação da obra DOENÇAS DO CORAÇÃO: Prevenção e Tratamento 1a. Edição de autoria de Celmo Celeno Porto © 1998 Editora Guanabara Koogan

[Retorna]    [Próximo]

 

Direitos exclusivos para a língua portuguesa. 
Copyright © 1998 by

 

 
Anuncie Home Equipe Fale com o Cardiol.br Adicionar aos favoritos
Ultima atualização: 30/7/2014