Consensos / Diretrizes



Recomendações para a Elaboração de Diretrizes, Posicionamento e Atualizações.

Versão completa em PDF


1. Definições e Objetivos
A Sociedade Brasileira de cardiologia (SBC), em alinhamento com as diretrizes e recomendações de outras associações internacionalmente reconhecidas (ACC, AHA, ESC, entre outras) e que com quem possui acordos de cooperação científica, utiliza as seguintes definições:

Diretriz (Guidelines)

As diretrizes apresentam evidências relevantes para ajudar os profissionais da saúde a avaliar os benefícios e riscos de um determinado procedimento diagnóstico ou terapêutico. Eles devem ser essenciais na tomada de decisão clínica diária. Trata-se de um documento que abrange um corpo de evidências.

É proposta a periodicidade para confecção de novas versões entre 3-5 anos e sugere-se um máximo de 50 páginas diagramadas, o equivalente a 140 páginas em Word, fonte Arial, tamanho 12.

Posicionamento (Statement)

Documento que se destina a dar suporte aos profissionais em uma tomada de decisão, porém, não possui um corpo de evidências suficiente para que seja denominado como diretriz.

As declarações são apoiadas por estudos científicos publicados em periódicos reconhecidos e possuem um rigoroso processo de revisão e aprovação. As declarações científicas geralmente incluem uma revisão dos dados disponíveis sobre um assunto específico, uma avaliação sobre sua relação com a ciência global de doenças cardiovasculares e, muitas vezes, uma posição da SBC através dos seus departamentos e grupos de estudo nessa avaliação.

Sugere-se um limite de 35 páginas diagramadas, o equivalente a 100 páginas de Word, fonte Arial, tamanho 12, e uma periodicidade de 3 a 5 anos.

Atualização (Update)

Documento contendo inovações e atualizações sobre um determinado subtópico de uma diretriz já publicada, havendo atualização anual.

Sugere-se periodicidade anual e limite de 20 páginas diagramadas, o equivalente a 60 páginas em Word, fonte Arial e tamanho 12.
   
2. Como são elaborados?
Diretrizes/ Posicionamentos/Atualizações

O desenvolvimento de uma Diretriz em sua primeira versão é proposto pela Diretoria da SBC, ou Departamentos e Grupos de Estudos da SBC ou por qualquer um dos Associados da SBC.

A proposição para o desenvolvimento deverá ser submetida e aprovada pelo Conselho de Normatizações e Diretrizes da SBC (CONDIR) e deverá ser apresentada através do Anexo I e Anexo 4. A periodicidade sugerida para a nova confecção de cada documento será levada em consideração.

Após a aprovação do CONDIR, o processo para elaboração do documento estará autorizado, devendo obedecer aos prazos dispostos no fluxograma.

Para a elaboração das documentações, a SBC autoriza a realização de reuniões presenciais em uma de suas sedes (Rio de Janeiro ou São Paulo) conforme disponibilidade das salas e dentro do horário de funcionamento das sedes (segunda à sexta das 8h00 às 17h00. Exceto feriados, emendas de feriados e períodos de eventos).

A SBC não custeará as despesas das reuniões e incentiva a realização de reuniões virtuais. As solicitações de reuniões presenciais devem ocorrer através do coordenador geral do documento.

Reuniões Patrocinadas

As associações médicas correlatas (AMB, Associações Médicas Estaduais), conselhos médicos (CRM e CFM) e órgãos governamentais federais ou estaduais através de suas agências de fomento científico poderão contribuir financeiramente com suporte logístico e financeiro para a elaboração de diretrizes.

Nos casos de elaboração de diretrizes conjuntas entre sociedades de especialidades, estas poderão contribuir financeiramente.

Patrocínios de terceiros, como indústrias, hospitais e outros que possam gerar divergências éticas, devem ser previamente analisados pelo CONDIR, SBC e demais sociedades participantes.

Todo e qualquer patrocínio deverá se declarado na publicação da diretriz.

3. Passos para o desenvolvimento


*A versão em inglês é obrigatória. A SBC, através da equipe editorial dos Arquivos Brasileiros de cardiologia (ABC Cardiol), realizará a tradução e diagramação, cujo valor será pago pelos coordenadores/departamentos ou grupos de estudos responsáveis por esse documento.
**O PowerPoint pode ficar disponível on-line, facilitando o estudo da nova diretriz.

IMPORTANTE: A NÃO ENTREGA DO DOCUMENTO COMPLETO (VERSÃO EM PORTUGUÊS) DENTRO DO PRAZO DE 8 MESES IMPLICA NO CANCELAMENTO DA PROPOSTA.






4. Grupo responsável pela elaboração
A SBC, através dos seus departamentos, grupos de estudos, diretoria, CONDIR ou associados (utilizando dos métodos anteriores), poderá sugerir ou solicitar novas elaborações.

O grupo responsável pela elaboração da diretriz deverá ter seu conflito de interesse enviado junto com a proposta inicial.

É desejável que o coordenador principal não possua conflitos e não seja o mesmo das edições anteriores, se houver.

O número de convidados dependerá de cada assunto e deverão ser profissionais de notório saber na área.

Recomenda-se que o grupo seja heterogêneo, ou seja, que envolva preferencialmente integrantes de diversas instituições. Deverão fazer parte profissionais de todos os segmentos do atendimento (SUS, Empresas de Saúde, Cooperativas de Saúde, Dirigente de Hospitais, Representante do Ministério da Saúde).

Profissionais da Epidemiologia, da Medicina Baseada em Evidências e Profissionais em condições de analisar a custo-efetividade das recomendações indicadas pelas Diretrizes são necessários.

Os convites serão feitos de comum acordo entre a Diretoria da SBC, Diretoria do Departamento, Coordenador da Diretriz e o Editor de Grupo (anexo 3).

As Diretrizes/posicionamentos/atualizações de áreas afeitas a outras sociedades de especialidades deverão ter o documento redigido por ambas as sociedades a fim de que tais documentos possam ser consensuais, refletindo, portanto, a opinião das sociedades médicas afins. Caberá à SBC, se for o caso, estabelecer interlocução entre as diretorias das sociedades afins, bem como estabelecimento de agenda de trabalho. O mesmo deverá ocorrer na elaboração de temas comuns a dois ou mais departamentos. Caberá ao CONDIR aprovar e, se for o caso, indicar quais departamentos deverão participar da elaboração de diretrizes conjuntas.

A publicação seguirá as normas exigidas na revista ABC Cardiol (Clique aqui).

Composição

Coordenador de Normatizações e Diretrizes da SBC – Será o organizador das Diretrizes/Posicionamento/Atualizações, sendo o representante da Diretoria da Sociedade Brasileira de Cardiologia durante o desenvolvimento dos documentos.

Coordenador da Diretriz/Posicionamento/Atualização – Será indicado em comum acordo entre a Diretoria da SBC e o Departamento sobre cujo assunto versa as Diretrizes/Posicionamentos/Atualizações.
Será o principal responsável e autor correspondente e terá como função toda a organização técnica e a indicação dos Editores e dos grupos de trabalho, tendo a incumbência de definir a aproximação entre a teoria e a prática dos temas abordados, bem como trabalhar na facilitação das dificuldades temáticas.

O Coordenador deve garantir que a versão completa em português seja entregue seguindo as recomendações no prazo de até 8 meses e os demais em 3 meses após a aprovação desta.

A não entrega conforme descrito acima implica no cancelamento da proposta. Solicitamos a assinatura de uma declaração de comprometimento (anexo 4) para a realização da mesma.

Presidente do Departamento/Grupo de Estudo – Sua presença será obrigatória em todo o desenvolvimento do processo e tendo a função de ajudar o Coordenador e o(s) Editor(es).

Editor de Grupo ou comissão redatora – Será indicado pelo Coordenador da Diretriz em comum acordo com o Presidente do Departamento e, em conjunto com a comissão redatora, terá como função toda a organização técnica e formação do seu grupo de trabalho, tendo a incumbência de gerir todas as atividades desenvolvidas referentes ao tema, bem como unificar todo o material para posterior encaminhamento ao Coordenador de Normatizações e Diretrizes da SBC após redigir e adequar o documento final das Diretrizes.

Grupos de trabalho (subgrupos) – A elaboração dos documentos deverá ser dividida em Grupos de Trabalho, respeitando a área de conhecimento de cada um. Os grupos de trabalho farão a redação inicial dos seus assuntos.
Poderão ser criados tantos grupos de trabalho quanto necessários, podendo haver subgrupos sempre que o tema o exigir.

IMPORTANTE: Antes do desenvolvimento, todos os participantes das Diretrizes deverão preencher declaração de seus vínculos e relações com potencial de gerar conflito de interesses, a qual será publicada em formato de planilha no apêndice de cada Diretriz.

Os seguintes tipos de relação são considerados como potencialmente geradores de conflito de interesse, ou percebidos como tais, e devem obrigatoriamente ser declarados, esclarecendo-se sua existência atual ou no passado (últimos 3 anos):

a) Participação em Estudos Clínicos e/ou experimentais subvencionados pela Indústria Farmacêutica ou de Equipamentos relacionados à Diretriz em questão;
b) Ser Palestrante em Eventos ou Atividades Patrocinadas pela Indústria relacionadas à Diretriz em questão;
c) Ser Membro do Conselho Consultivo ou Diretivo da Indústria;
d) Participação em Comitês Normativos de Estudos Científicos Patrocinados pela Indústria;
e) Receber Apoio Pessoal ou Institucional da Indústria;
f) Ter Ações da Indústria;
g) Elaboração de Textos Científicos em Periódicos Patrocinados pela Indústria.



5. Documentação
Nomenclatura: A partir de 2019, as diretrizes, posicionamentos e atualizações terão a nova versão diferenciada pelo ano da publicação, e não mais com algarismo romano ou arábico.

Tipos de documentos e conteúdo: Deve-se elaborar os seguintes documentos para os modelos diretriz, posicionamento e atualização:

• Versão completa em português – obrigatório.
Informações sobre a elaboração na sequência.

• Versão completa em inglês – obrigatório.
Informações sobre a elaboração na sequência.

• Versão apresentação (*) – obrigatório.
Slides autoexplicativos com figuras e gráficos que representam um resumo do conteúdo e as diferenças com as versões anteriores.

(*) Pode-se solicitar futuramente a gravação de uma vídeo-aula para complementá-lo.

• Versão Pocket – obrigatório.
Guia de referência rápida que contenha o conteúdo mais importante da Diretriz em Formato de Bolso.

Este material deve ser composto por Tabelas, Fluxogramas e Gráficos que resumam a Diretriz, abordando suas principais informações.

Recomenda-se a indicação de um dos Participantes da Diretriz para o desenvolvimento do conteúdo, que deverá estar de acordo com o texto completo da Diretriz. A presente versão deverá constar no aplicativo, facilitando, portanto, a consulta rápida e cotidiana do clínico.

• 15 Perguntas essenciais sobre a Diretriz, Posicionamento ou Atualização (**).
As questões deverão ser em formato objetivo, com 5 alternativas de resposta, abrangendo o conhecimento básico do tema da Diretriz elaborada, devendo possuir um comentário objetivo e sintetizado (explicação) para a alternativa correta de cada questão.

(**) As perguntas serão entregues apenas mediante solicitações para atividades complementares, como a atividade Diretrizes em Debate, realizada no Congresso Brasileiro de Cardiologia.

As análises serão baseadas no Documento: Versão completa em português. Os demais devem ser entregues após finalizada a aprovação final do ConDir. A entrega dos demais documentos são essenciais para a publicação.

Pode ocorrer a necessidade dos coordenadores serem convidados para gravar um bate-papo para o projeto Momento Pesquisa, projeto da Universidade Corporativa da SBC.

A publicação ocorrerá na íntegra na revista ABC Cardiol (inglês e português) conforme normas exigidas para a publicação na revista ABC Cardiol.

Para a elaboração do documento completo, versão português

Atualização

Considerando a constante evolução da cardiologia e o crescente conhecimento da área, a atualização deve ser feita anualmente com o objetivo de publicar nova recomendação baseada em evidências referentes tópicos de documento prévio.
A confecção para publicação deverá seguir os moldes das normas para publicação na revista ABC Cardiol. (Clique aqui)

Sugere-se periodicidade anual e limite de 20 páginas diagramadas, o equivalente a 60 páginas em Word, fonte Arial e tamanho 12.

Posicionamento

O posicionamento deverá ser constituído de documento sintético cuja confecção para publicação deverá seguir os moldes das normas para publicação na revista ABC Cardiol. (Clique aqui) A elaboração de Posicionamentos deverá seguir os mesmos fluxos pré-estabelecidos no presente documento das diretrizes abaixo.

Sugere-se um limite de 35 páginas diagramadas, o equivalente a 100 páginas de Word, fonte Arial, tamanho 12, e uma periodicidade de 3 a 5 anos.

Diretrizes

Devem apresentar evidências relevantes para ajudar os profissionais da saúde a avaliar os benefícios e riscos de um determinado procedimento diagnóstico ou terapêutico. Por se tratar de um documento que abrange um corpo de evidências, é essencial na tomada de decisão clínica diária.

A confecção para publicação deverá seguir os moldes das normas para publicação na revista ABC Cardiol. (Clique aqui)

É proposta a periodicidade para confecção de novas versões entre 3-5 anos e sugere-se um máximo de 50 páginas diagramadas, o equivalente a 140 páginas em Word, fonte Arial, tamanho 12.

A versão em inglês será providenciada através da equipe editorial da revista ABC Cardiol. O valor deste serviço e de diagramação é de responsabilidade do coordenador/departamento/grupo de estudo responsável.

Classes de recomendação e níveis de evidência

As diretrizes, posicionamentos e atualizações devem ser sempre embasadas pela melhor evidência disponível e deverão ser adotados os seguintes procedimentos:
• Uma breve introdução com informação de dados epidemiológicos no Brasil;
• Menção dos critérios de seleção de artigos e análise da literatura utilizada, sendo preferível que se parta de revisão sistemática das fontes pertinentes;
• Classificação das recomendações (Classe I, IIa, IIb ou III) e níveis de evidência (A, B ou C) para todas as recomendações com a sua formulação adequada. O uso de tabelas com o resumo das recomendações é necessária;
• Evitar textos que discorram sobre fisiologia, patologia e patogenia, salvo quando forem essenciais para o entendimento de determinada recomendação;
• Elaborar texto recomendativo, de estilo objetivo e afirmativo, indicando ou contraindicando procedimentos diagnósticos, medicamentos e intervenções terapêuticas e mencionando eventuais controvérsias da literatura;
• Análises de relevância clínica (NNT) são necessárias;
• Referência às mudanças relevantes ou discrepâncias com versões mais antigas das Diretrizes. O uso de tabelas que ilustram as diferenças com versões mais antigas das Diretrizes é incentivado.
• O documento deverá conter fluxograma em única página dos principais algoritmos diagnósticos e/ou terapêuticos com a finalidade de facilitar consulta do clínico no cotidiano.

As Diretrizes deverão ser baseadas em evidências e, quando aplicável, adotar as seguintes classes (graus) de recomendação e níveis de evidências:

Classes (Graus) de recomendação:

Classe I – Condições para as quais há evidências conclusivas, ou, na sua falta, consenso geral de que o procedimento é seguro, e útil/eficaz.
Classe II – Condições para as quais há evidências conflitantes e/ou divergência de opinião sobre segurança, e utilidade/eficácia do procedimento.
Classe IIA – Peso ou evidência/opinião a favor do procedimento. A maioria aprova.
Classe IIB – Segurança e utilidade/eficácia menos bem estabelecida, não havendo predomínio de opiniões a favor.
Classe III – Condições para as quais há evidências e/ou consenso de que o procedimento não é útil/eficaz e, em alguns casos, pode ser prejudicial.

Níveis de evidência:

Nível A – Dados obtidos a partir de múltiplos estudos randomizados de bom porte, concordantes e/ou de meta-análise robusta de estudos clínicos randomizados
Nível B – Dados obtidos a partir de meta-análise menos robusta, a partir de um único estudo randomizado ou de estudos não randomizados (observacionais).
Nível C – Dados obtidos de opiniões consensuais de especialistas.



6. Publicação
Do envio

Após a aprovação final do documento em português, o coordenador deverá enviar as seguintes documentações obrigatórias para a publicação na Revista ABC Cardiol:
• Folha de rosto (Nomes dos Participantes, Citação e Endereço para Correspondência);
• Sumário;
• Definição da ordenação dos autores para publicação;
• Declaração de Conflitos de Interesses dos Participantes (no caso de ausência do primeiro envio);
• Definição dos Graus e Níveis de Evidências utilizados (caso seja uma Diretriz);
• Carta de Apresentação (se houver);
• Texto;
• Referências (devendo ser numeradas e descritas ao final dos capítulos entregues em ordem de citação).

Da análise

Após o recebimento e análise do editor-chefe da ABC Cardiol, o documento (Diretriz, Posicionamento ou Atualização) passará pelo fluxo editorial de revisão de texto, revisão bibliográfica, tradução para o inglês e diagramação.

Serviços de tradução/versão e diagramação são de custeio dos responsáveis pela elaboração do documento.

O coordenadores responsáveis deverão assinar o anexo 5, Declaração de Concordância, para comprovação da ordem dos nomes dos autores a serem indexados.

Características gerais

A publicação das versões português e inglês deve ser conjunta.

Não será permitida a publicação no formato de volumes/capítulos, a publicação deve seguir as regras da ABC Cardiol que sugere a apresentação do documento como um todo, beneficiando a citação da diretriz em sí.

A revista ABC Cardiol é publicada somente no formato eletrônico. A Publicação ocorrerá nos Arquivos Brasileiros de Cardiologia, na versão em português e inglês, ficando disponível nas bases indexadoras Scielo, PubMed, PubMed Central, além dos sites de publicações da SBC, diretrizes e na versão App.
O documento será publicado também na íntegra no aplicativo para tablet e smartphones (SBC Publicações), disponível para Apple e Android.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia mantém os direitos autorais sobre o texto integral das Diretrizes, suas Traduções/Versões, bem como seus produtos derivados em todos os formatos, sendo vedada a sua Reprodução e Comercialização sem a autorização prévia do Setor Comercial da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Informações referentes aos detalhes sobre os passos que envolvem as publicações podem ser encontrados nas regras e normas de publicação da revista ABC Cardiol. (Clique aqui).

Os associados da SBC serão informados através de e-mail marketing ou outros meios de comunicação adotados pela SBC.

E-mail de contato: diretrizes@cardiol.br
Telefone: (21) 3478-2783



7. Comercialização

A SBC, através do setor comercial, receberá as informações e documentos após publicação e ficará responsável pela comercialização com o objetivo de angariar recursos financeiros que permitam a publicação na forma impressa, como Separata da Revista ABC Cardiol, Pocket Book e outros.

O processo engloba todos os custos que envolvem a Publicação da Diretriz com tiragem média de 11.000 exemplares ou conforme solicitação do cliente.

A SBC precisará ter Patrocínios que cubram todos os custos, caso contrário, a Publicação nestes formatos não será realizada.

Vale destacar que os custos citados, e consecutivamente os Preços de Venda, estão diretamente ligados ao número de páginas do documento e o tipo de produto a ser diagramado.

A comercialização pela empresa envolve a divulgação de anúncios da mesma. As informações serão tratadas entre os colaboradores da SBC e os coordenadores da diretriz/ConDir.

Caso o documento seja totalmente comercializado, a gerência comercial enviará o documento para a impressão como Separata da Revista ABC e providenciará sua distribuição, conforme cronograma de publicação.

Nestes casos, havendo saldo positivo entre os valores captados e os custos da Publicação, o recurso financeiro será distribuído da seguinte forma:

• 80% ficarão com a SBC;
• 20% serão repassados ao Departamento Científico da SBC, diretamente envolvido com o processo de criação da Diretriz.


ANEXO 1

ANEXO 2

ANEXO 3

ANEXO 4

ANEXO 5

 

 

  • Posicionamentos, Diretrizes e Normatizações. Veículos de Auxílio à Prática Médica - Clique aqui

  • Pocket Books




    Publicações Completas por ano

    Mapa do Portal

    Conheça a SBC

    Associados

    Serviços

    Produtos

    Eventos

    Seções

    Desenvolvido pela Diretoria de Tecnologia da SBC - Todos os Direitos Reservados
    © Copyright 2014 | Sociedade Brasileira De Cardiologia | tecnologia@cardiol.br